Projeto Metamorfose da Borboleta


Cláudia Maria Ramos Cançado

Perfil da turma

A turma é composta de 23 alunos entre 5 e 6 anos, são em sua maioria veteranos, com apenas 5 novatos. É uma turma bem heterogênea.

Temos o Marcello, que é um aluno de inclusão – autista- que teve uma ótima aceitação da turma e a cada dia se interage mais com todos e aos poucos vai desenvolvendo suas capacidades cognitivas. A Adriana é a monitora dele e o auxilia sempre, além do carinho que sentem um pelo outro.

Esse projeto surgiu diante da curiosidade das crianças em saber como nascem as borboletas e também porque a borboleta é a nossa mascote. Através de pesquisas, leituras, contribuições das famílias e do pessoal da escola, as dúvidas das crianças foram sendo sanadas. Também observamos um casulo, enviado pela mãe da Manuela, que foi de grande contribuição para acompanhar o processo de metamorfose da borboleta dentro da sala de aula.

Em outro momento a família do aluno Gleison também enviou um casulo para a turma. Estamos observado os dois e aguardamos com ansiedade o nascimento das borboletas.

A finalização do projeto será com a visita ao borboletário, no zoológico, para que as crianças possam conhecer e saber um pouco mais sobre a vida desse “bichinho” que nos trouxe muita alegria e satisfação durante a realização dos trabalhos.

Para iniciar nosso trabalho montamos uma borboleta grande, usando o recurso do retroprojetor para ampliar a imagem. Quem nos ajudou foi a Maristela (secretária). Fizemos o corpo da borboleta, a turma foi aos poucos completando o que faltava e depois as crianças picaram papel e colaram nas asas da borboleta. Também fizemos a votação de um nome para nossa amiga, o nome vencedor foi: Mara Maravilha.

Borboleta

Bernardo fazendo o contorno do corpo da borboleta. Maristela ajudando.

Borboleta

A turma picando papel para colorir as asas da borboleta. Um grupo por vez colava em uma asa. Todos estavam bem animados.

Borboleta

A borboleta completa

Borboleta

Trabalhamos com a poesia “As Borboletas” e as crianças fizeram as asas com a figura geométrica triângulo, usando as cores que são da poesia e fazendo o corpo com o lápis. Ficou muito legal!

Borboleta

O casulo que a mãe da Manuela mandou para observarmos. Veja a carinha deles. Que legal! Todos os dias eu mostro o casulo para eles observarem se está acontecendo algo diferente. Alguns falam que a borboleta mexeu, outros que apareceu um buraquinho, outros que ouviram um barulhinho, etc.

Borboleta

Fizemos uma borboleta usando cds. Ficou muito legal! Eles amaram e se divertiram enfeitando e completando o que faltava. As borboletas serão usadas no cenário para apresentação do teatro referente à poesia trabalhada.

Teatro

Para compor o nosso cenário, além das borboletas, os sapos também fizeram parte. A Adriana ensaiou com as meninas e o sapo (Chico) foi o narrador na voz de Adriana. Ficou muito fofo! Muito lindo!

Borboleta

Borboletário

Fomos ao borboletário para conhecer e saber mais sobre a vida da nossa mascote. Primeiro assistimos um vídeo explicativo e depois a responsável conversou com as crianças, mostrou lagarta, ovinhos, fez perguntas e em seguida nos levou para dentro do borboletário. Que lindo! As crianças ficaram encantadas

Borboleta

Chegamos ao final do projeto com muitas informações e aprendemos muito sobre a vida da nossa mascote – borboleta. A única coisa que faltou foi o nascimento de uma borboleta, que até hoje não saiu do casulo, mas estamos aguardando, pois ainda temos alguns dias letivos pela frente.

O Projeto

Período previsto: 4 meses

Turma: 2º ciclo - 5 anos

1. Tema
A metamorfose da borboleta

2. Justificativa
Esse projeto surgiu diante da curiosidade das crianças em saber como nascem as borboletas, isso ocorreu depois que escolheram a borboleta para ser a mascote da nossa turma.

Partindo do princípio de que a educação infantil precisa se apoiar em projetos que nasçam das curiosidades e dos questionamentos feitos pelas próprias crianças, pretende-se com esse projeto estudar mais sobre este assunto, através de pesquisas, leituras, contribuições das famílias e de toda a escola, para sanar as dúvidas das crianças.

3. Objetivos

  • entender a metamorfose da borboleta;
  • desenvolver através das atividades de leitura e escrita (não cConvencional), a construção da base alfabética;
  • conhecer diversas cores entre as borboletas;
  • estimular a linguagem oral;
  • desenvolver a criatividade;
  • iincentivar a pesquisa através de variados meios de informação;
  • desenvolver habilidades motoras através do recorte e colagem, colorido, etc.

4. Atividades a serem desenvolvidas

  • pesquisa sobre o tema (internet, livros, etc)
  • leitura de histórias referentes ao tema
  • artes (teatro, confecção de borboletas e sapos, pintura, colagens, colorir, recortes, desenhos, etc)
  • poesias, músicas, vídeos, cds/dvds;
  • leitura e escrita (não convencional)
  • etc

5. Material utilizado

  • tinta guache (várias cores)
  • pincéis
  • papéis variados (cores, tamanhos, etc)
  • colas (branca e coloridas)
  • canetas hidrocor e lápis de cor (todas as cores)
  • livros de história (sobre o tema)
  • computador, cds/dvds
  • cartucho colorido e preto (para imprimir)
  • transporte- visita ao borboletário
  • e outros que se fizerem necessários.

6. Avaliação

A avaliação dar-se-á através da observação do comportamento e interesse das crianças no decorrer do projeto. A oralidade também será foco da avaliação em situações de “rodinha” onde as crianças poderão demonstrar a aprendizagem construída pela troca de conhecimentos e conversas sobre o assunto, além da visita ao “borboletário”, como culminância do projeto.

Prof. Claudia Ramos

Escola Municipal Profº Jose Braz
Autoria: Cláudia Maria Ramos Cançado - Professora, Pedagoga e Psicopedagoga
Blog: http:/infantiljosebraz.blogspot.com

 

 

blog comments powered by Disqus