Olimpíadas 2016


Paty Fonte

Recebemos vários e-mails solicitando publicações com dicas, ideias e sugestões para trabalhar o Projeto Olimpíadas. O evento, que geralmente já é bastante explorado nas escolas, este ano será realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro. Com isso, aumentam as possibilidades de temas relevantes que podem ser abordados, gerando questionamentos, pesquisas, debates e uma rica construção de conhecimentos pelos alunos.

De acordo com a faixa-etária e a filosofia que norteia cada instituição, pode ser trilhado um caminho diferente na elaboração e desenvolvimento do projeto relacionado ao tema em pauta.

Sugerimos um trabalho artístico para estimular as crianças e instigar curiosidade a respeito do evento.

O mascote na ginástica Olímpica

Não apresente nenhum conceito pronto aos seus alunos. Inicie sempre com uma conversa plural sondando o que eles já sabem sobre o tema que será trabalhado, quais são seus conhecimentos prévios. Mesmo nas classes de Educação Infantil esta sondagem é fundamental. Assim sendo, lance as questões:

  • Quem já ouviu falar nos jogos olímpicos?
  • O que sabem sobre as Olimpíadas?

Com base nas respostas dos alunos o professor fará as intervenções necessárias esclarecendo pontos obscuros e instigando ainda mais a curiosidade para que juntos pesquisem e descubram cada vez mais.

  • Vocês sabem que em todas as Olimpíadas temos mascotes?

Novamente espere as respostas e abra espaço para os relatos de experiências, valorizando as vozes e pensamentos dos alunos.
Mascotes Olímpicas são personagens criados para representar o evento de uma maneira lúdica, descontraída e divertida. Geralmente representam aspectos importantes da cultura do país sede. São muito utilizados para divulgar o evento na mídia.

  • Será que todos os seus alunos sabem qual país sede das Olímpiadas 2016?

Provavelmente sim, mas mesmo assim questione.

  • Será que todos os seus alunos já conhecem os mascotes olímpicos de 2016?

Não realize a atividade sugerida abaixo antes de lançar a pesquisa. Mesmo que o grupo dê respostas claras sobre os mascotes solicite uma pesquisa simples, peça que levem no dia seguinte desenhos com nomes e informações sobre os mascotes.

Com todas as pesquisas realizadas oportunize para que os alunos mostrem o que levaram e falem a respeito: onde pesquisaram, com ou sem ajuda, se alguém pesquisou algo a mais, reúna todas as informações.

Em seguida lance a primeira proposta: a realização de um trabalho artístico que servirá de lembrança e brinquedo.

Vinícius pratica Ginástica Olímpica

Materiais necessários:

  • Caixa de creme dental (uma para cada aluno)
  • Canudos (3 para cada aluno)
  • Tampinhas de refrigerante
  • Tintas e pinceis ou tinta spray
  • Cópias do molde do mascote impressas em papel de gramatura 120 ou 180 gramas (faça download do molde aqui)
  • Tesouras
  • Colas
  • Fita adesiva

Procedimentos:

  • Encha a caixa de creme dental com as tampinhas de refrigennte – para pesar e deixando algum espaço livre para fazer barulho.
  • Feche bem a caixa com fita adesiva e cola.
  • Faça furos nas estremidades de cima da caixa.
  • Monte a base com os canudos.
  • Pinte tudo com a sua cor preferida.
  • Enquanto a base seca recorte os moldes do mascote cuidadosamente e cole frente e verso deixando as mãos livres – Não cole as mãos!
  • Com as bases secas e os mascotes prontos cole as mãos na base dos canudos – o que proporcionará que ele gire.

Observações e extras:

  • O ideal é que as crianças participem, cada uma criando sua arte.
  • O trabalho sendo bem aceito pelo seu grupo desafie os alunos a criarem em casa uma nova arte com o Tom praticando um outro esporte.
  • Todos devem levar as artes criadas no dia determinado.
  • Valorize as diferentes artes criadas pelos alunos, por mais simples que sejam e oportunize que apresentem aos demais suas criações.
  • Faça uma pequena exposição na sala com todas as artes e liste os esportes escolhidos.
  • Em seguida, podem iniciar pesquisa para conhecer um pouco mais sobre a ginástica olímpica e os demais esportes.

Lembre-se:
As crianças podem envolver-se em atividades desafiadoras, significativas, construtivas em relação ao desenvolvimento de suas habilidades e competências, ou podem passar seu tempo realizando atividades sem sentido e que destroem seu interesse em aprender.


Para ampliar o trabalho sugerimos:

Projeto Colonia de Ferias

Material de apoio para o professor -Projeto Olimpíadas

O esporte, como instrumento pedagógico, precisa se in-tegrar às finalidades gerais da educação, de desenvolvi-mento das individualidades, de formação para a cidada-nia e de orientação para a prática social.Através da prática desportiva é possível adequar as áreas de estudo, mostran-do e fazendo com que a criança se desenvolva melhor. Atinge alunos da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Duração: Aproximadamente um semestre. 50 paginas

  Adquira o seu!
 

Livro Paradidático - Esporte: Importante para a vida

O esporte é fundamental na vida de todos.
O livro incentiva a construção da cidadania e a conquista de uma vida saudável por meio da atividade física adequada a cada pessoa. Além disso, mostra que praticar uma atividade esportiva está ao alcance de todos que decidem dar o primeiro passo.
  Adquira o seu!

 

Paty FontePaty Fonte (Patricia Lopes da Fonte)

Educadora especialista em pedagogia de projetos, escritora, autora dos livros “Projetos Pedagógicos Dinâmicos: a paixão de educar e o desafio de inovar” e "Pedagogia de Projetos - Ano letivo sem mesmice", ambos publicados pela editora WAK; autora e tutora de cursos presenciais e on-line de educação continuada a docentes, coach, palestrante.

Idealizadora e diretora dos sites: www.projetospedagogicosdinamicos.com e www.cursosppd.com.br

www.patyfonte.com.br - Twitter: @PatyFonte 

Contrate a Profª Paty Fonte para palestrar na sua instituição - clique aqui!

 

 

 

blog comments powered by Disqus