Mediação de conflitos escolares, educação para a paz e a convivência

Sabemos que o conflito é algo inerente à vida em sociedade, impossível evitá-lo, e que o seu manejo positivo pode ser uma enorme oportunidade de aprendizado e crescimento moral. Neste sentido, a Escola é instituição de convivência por excelência, conflituosa por definição. Mas diante da realidade diária, como atuar eticamente, favorecendo a reflexão? Se a pergunta tem sido um norteador de profissionais da Educação, também tem recebido atenção dos operadores do Direito, que estão conscientes de que a solução não está na judicialização indiscriminada dos conflitos escolares.

A aprendizagem na infância

O ensino e aprendizagem torna-se uma maneira mais fácil do indivíduo manter sua autonomia, por meio do conhecimento. O conhecimento em si, abrange vários parâmetros diversos na sociedade. Pois, a sociedade requer e precisa de pessoas que tenham um bom respaldo, apresentando ideias transformadoras, e ao mesmo tempo competitivas. O aprendizado modifica e transforma o sujeito desde a infância até a idade adulta. Todo aprendizado necessita de uma busca interagindo com o meio, na participação efetiva das coisas e dos projetos colocados em favor do aprendizado. O ponto de partida para essa dimensão é de cunho da família primeiramente, e depois da escola.

Conheça nossa nova proposta de capacitação

Palestras

Dificuldade de aprendizagem na escola

Por que há, hoje, tantos alunos com dificuldades de aprendizagem? E por que há uma tendência em encaminhar essas crianças para os consultórios médicos? Não seria o caso de “tratar” dessas questões por meio de intervenções pedagógicas individualizadas? Esta pergunta parece ter tantas respostas que hoje não se sabe se o problema é mesmo de aprendizagem da criança ou de “ensinagem” do professor e da professora.

+ de 50 temas de Projetos

Loja Virtual